quinta-feira, 19 de abril de 2018

CAMPANHA DOS MIL ASSOCIADOS PELA SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC

CAMPANHA DOS MIL ASSOCIADOS
MEUS AMIGOS, MINHAS AMIGAS A SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC LANÇOU A CAMPANHA DOS MIL ASSOCIADOS.
MAS NÃO HÁ UMA MANIFESTAÇÃO MAIS ACIRRADA PARA QUE ISSO REALMENTE ACONTEÇA.
NO PRIMEIRO TRIMESTRE APENAS 39 PESSOAS SE FILIARAM.
FAÇO UM APELO AOS BONS BRASILEIROS QUE DÊEM MAIS ATENÇÃO AO TRABALHO DO MMDC.
PROCURAMOS, ARDUAMENTE, INCANSAVELMENTE, PROPAGAR O IDEAL DE DIREITO NUM PAÍS SOLAPADO PELOS CORRUPTOS QUE PENSAM EM TIRAR VANTAGEM DA NOSSA RIQUEZA IMENSA. 
 ENTRE EM CONTATO COM A SOCIEDADE VETERANOS DE 32-MMDC ATRAVÉS DO FONE 31058541 OU ENTÃO PELO E-MAIL sociedade32@gmail.com  

A Sociedade Veteranos de 32-MMDC está instalada no MUSEU MILITAR - RUA DOUTOR JORGE MIRANDA, 308 VENHA NOS FAZER UMA VISITA.

rar mais reações


Comentários
Alexandre Costa Quero me filiar,já mandei email e não tive resposta
Gerenciar
CurtirMostrar mais reações
Responder16 h
Mario Ventura pode me fornecer o seu e-mail ?
Gerenciar
CurtirMostrar mais reações
Responder16 h
Alexandre Costa alexandrecosta.correia@gmail.com
Gerenciar
CurtirMostrar mais reações
Responder16 h
Alexandre Costa Inclui-se já até preenchi a ficha,mandei foto
Gerenciar
CurtirMostrar mais reações
Responder16 h
Persio Brito Xavier persionauticos@hotmail.com
Gerenciar
CurtirMostrar mais reações
Responder12 h
CurtirMostrar mais reações
Responder10 h
Damaris Ferreira meu PAI ADALIO FERREIRA de AMORIM FOI UM VETERANO EM 32 TENHO ORGULHO POR MEU PAI ...TENHO VONTADE DE AFILIAR .....MANDE O email
Gerenciar
CurtirMostrar mais reações
Responder10 h
Mario Ventura sociedade32@gmail.com
Gerenciar
CurtirMostrar mais reações
Responder10 h
Damaris Ferreira não sei como preencher
Gerenciar
CurtirMostrar mais reações
Responder10 h
Mario Ventura DAMARIS PASSE O SEU E-MAIL OU MANTENHA CONTATO CONOSCO PELO E-MAIL DA SOCIEDADE.
Gerenciar
CurtirMostrar mais reações
Responder9 h

19 DE ABRIL -DIA DO EXÉRCITO BRASILEIRO - DIA DO ÍNDIO - DIA DE SANTO EXPEDITO





Resultado de imagem para dia do exército brasileiro


Dia do Exército Brasileiro é comemorado anualmente em 19 de abril.
Esta data homenageia a força e presença do exército nacional brasileiro como entidade de proteção do território e nação brasileira.
O Dia do Exército é celebrado em 19 de abril em memória da Batalha dos Guararapes, que ocorreu em 19 de abril de 1648, no estado de Pernambuco.
Neste episódio, um grupo de brasileiros, de diferentes etnias, mas com o mesmo sentido patriótico, se reuniu pela primeira vez para combater a dominação holandesa.
Oficialmente, o Exército Brasileiro foi criado em 1822, como um órgão subordinado ao Ministério da Defesa.
Atualmente o Dia do Exército Brasileiro serve para comemorar essa vitória, enaltecer o espírito patriótico brasileiro e para divulgar a importância dessa Força Armada.
O Exército Brasileiro é um dos três braços das Forças Armadas Brasileiras, assim como a Marinha e a Aeronáutica.







Resultado de imagem para dia do índio




DIA DO ÍNDIO – Em 1940, no MÉXICO, foi realizado o 1º CONGRESSO INDIGENISTA INTERAMERICANO, com a presença de diversos países da AMÉRICA e os índios eram o tema central do evento. Como estavam habituados a perseguições, eles não aceitaram o convite. Dias depois, após refletirem sobre a importância do CONGRESSO, os índios decidiram comparecer. Essa data, 19 de abril, passou então a ser o DIA DO ÍNDIO em todo o continente americano. De acordo com a antropóloga LUCIANA LINS, “Todos nós temos muito mais de índios do que imaginamos. Falamos, comemos, nos vestimos com muito da cultura indígena. É que ninguém repara”, diz ela. Coisa simples, como tomar banho todos os dias, nós aprendemos com eles, assim também como comer mandioca e maracujá. Palavras como arara, jabuticaba, jacaré, lambari, maracanã e muitas outras vieram do vocabulário deles, em geral, do tupi-guarani. Em 1943, o Presidente GETÚLIO VARGAS instituiu o “DIA DO ÍNDIO” no BRASIL através de um DECRETO-LEI.
Resultado de imagem para dia de santo expedito
DIA DE SANTO EXPEDITO - SANTO EXPEDITO, padroeiro das causas urgentes, dos militares, estudantes, viajantes, também muito conhecido por ter devotos nos pelotões dos exércitos (inclusive nas polícias militares), pois era um alto oficial romano. Era chefe da 12ª Legião Romana, sediada em uma província na ARMÊNIA.  Cristão fervoroso, ele se recusou a homenagear os deuses pagãos e teve a cabeça decepada a mando do imperador DIOCLECIANO, em 19 de abril de 303, na região onde hoje se situa a ARMÊNIA. A data foi oficializada no mundo católico. Quem olhar um dos milhões de santinhos distribuídos pela cidade neste dia, vai notar que SANTO EXPEDITO segura na mão direita uma cruz com a inscrição HODIE – HOJE, em latim. Sob o pé direito do santo, jaz um corvo com a inscrição CRAS – AMANHÃ, em latim. A imagem simboliza o lema do santo.
1715 a. falece SANTO EXPEDITO (19 de abril de 303).


quarta-feira, 18 de abril de 2018

Nelson Gonçalves 20 Super Sucessos Completo

20 a. falece o cantor brasileiro NELSON GONÇALVES, por volta das 22 horas, em 18 de abril de 1998, vitima de uma parada cardíaca. Tinha 78 anos e sentiu dores no peito enquanto conversava com uma de suas filhas, MARGARETH. Com quase 60 anos de carreira, era ele considerado um dos maiores intérpretes da Música Popular Brasileira. Entre seus maiores sucessos estão: A VOLTA DO BOÊMIO, NAQUELA MESA, NORMALISTA LINDA. 

Biografia de Nelson Gonçalves

nasceu no Rio Grande do Sul, mudou-se com os seus pais portugueses para São Paulo, no bairro do Brás. Quando criança, era levado, para praças e feiras pelo seu pai, que fazendo-se de cego, tocava violino, enquanto ele cantava.

Foi jornaleiro, mecânico, engraxate, polidor e tamanqueiro. Foi também lutador de boxe na categoria peso-médio, recebendo aos dezesseis anos o título de campeão paulista.

Mesmo com o apelido de "Metralha", por causa da gagueira, decidiu ser cantor. Em uma de suas primeiras bandas, teve como baterista Joaquim Silva Torres. Foi reprovado duas vezes no programa de calouros de Aurélio Campos. Finalmente foi admitido na rádio PRA-5, mas dispensado logo depois.

Nesta época, casou-se com Elvira Molla e com ela teve dois filhos. Sem emprego, trabalhou como garçom, no bar do seu irmão, na avenida São João.

Seguiu para o Rio de Janeiro em 1939, onde trilhou mais uma vez o caminho dos programas de calouros. Foi reprovado novamente na maioria deles, inclusive no de Ary Barroso, que o aconselhou a desistir. Finalmente, em 1941, conseguiu gravar um disco de 78 rotações, que foi bem recebido pelo público. Passou a crooner do Cassino Copacabana (do Hotel Copacabana Palace) e assinou contrato com a Rádio Mayrink Veiga, iniciando uma carreira de ídolo do rádio nas décadas de 40 e 50, da escola dos grandes, discípulo de Orlando Silva e Francisco Alves.

Alguns de seus grandes sucessos dos anos 40 foram Maria Bethânia (Capiba), Normalista (Benedito Lacerda / Davi Nasser), Caminhemos (Herivelto Martins), Renúncia (Roberto Martins / Mário Rossi) e muitos outros. Maiores ainda foram os êxitos na década de 50, que incluem Última Seresta (Adelino Moreira / Sebastião Santana), Meu Vício É Você e a emblemática A Volta do Boêmio (ambas de Adelino Moreira).

Na década de 50, além de shows em todo o Brasil, chegou a se apresentar em paises como Uruguai, Argentina e Estados Unidos, no Radio City Music Hall.

Em 1952, casou-se com Lourdinha Bittencourt, substituta de Dalva de Oliveira no Trio de Ouro. O casamento durou até 1959.

Em 1965, casa-se de novo, com Maria Luiza da Silva Ramos, com quem teve dois filhos, Ricardo da Silva Ramos Gonçalves e Maria das Graças da Silva Ramos Gonçalves. A caçula tem seu apelido no refrão da música Até 2001. (É no gogo gugu).

No entanto, o seu envolvimento com a cocaína, em 1958, tendo, inclusive, sido preso em flagrante em 1965 e passado um mês na Casa de Detenção, o que lhe trouxe problemas pessoais e profissionais. Superada a crise, lançou o disco A Volta do Boêmio nº1, um grande sucesso.

Após abandonar o vício com o apoio de sua mulher, retomou uma carreira bem sucedida.

Continuou gravando regularmente nos anos 70, 80 e 90, reafirmado a posição entre os recordistas nacionais de vendas de discos. Além dos eternos antigos sucessos, Nelson Gonçalves sempre se manteve atento a novos compositores, e chegou a gravar canções de Ângela Rô Rô (Simples Carinho), Kid Abelha (Nada por Mim), Legião Urbana (Ainda É Cedo) e Lulu Santos (Como uma Onda).

Ganhador de um prêmio Nipper da RCA, dado aos que permanecem muito tempo na gravadora, sendo somente Elvis Presley outro agraciado. Durante sua carreira, gravou mais de duas mil canções, 183 discos em 78 rpm, 128 álbuns, vendeu cerca de 78 milhões de discos, ganhou 38 discos de ouro e 20 de platina.[2]

Morreu em consequencia de um enfarte agudo do miocárdio no apartamento de sua filha Margareth, no Rio de Janeiro.